Notícias

Acácio Paulo em entrevista

02/03/2014

Acácio Paulo mostra como está a Associação de Treinadores de Atletismo de Aveiro: “está tendo a sua atividade mais ou menos habitual, isto num âmbito limitado”

 

Uma, duas, três... vezes! Foram estas as tentativas para se fazer uma entrevista a Acácio Paulo Lopes do Carmo. A indisponibilidade do presidente da Associação de Treinadores de Atletismo de Aveiro foi sendo justificado pelo momento inoportuno. Justificações sucessivamente aceites, como é óbvio, mas quando a conversa se deu, Acácio Paulo deu a imagem perfeita da Associação que lidera e partilhou as preocupações que o assolam. Ora confira:

 

Associação de Atletismo de Aveiro (AAA) - Boa tarde, caro amigo. Começo por perguntar-lhe há quanto tempo preside à direção da Associação de Treinadores de Atletismo de Aveiro?

 

Acácio Paulo (AP) – Como presidente, desde 2011, mas desde a sua fundação que faço parte dos órgãos sociais como vice-presidente da direção.

 

AAA – Este é, portanto, o seu primeiro mandato?

AP – Exatamente.

AAA – Nesse caso, diga-me: como é que está, atualmente, a Associação de Treinadores de Atletismo de Aveiro?

AP - Está tendo a sua atividade mais ou menos habitual, isto num âmbito limitado. Fazemos jornadas técnicas com uma periodicidade bianual e, às vezes, quando temos apoio da Federação Portuguesa de Atletismo, são realizadas todos os anos. Este ano, por exemplo, as jornadas estão condicionadas ao apoio que conseguirmos angariar.

 

AAA – E caso se realizem, serão quando?

AP - Em Abril.

 

AAA – Já agora, qual é o orçamento para colocar de pé essas jornadas técnicas?

AP – Isso depende. Se tivermos apenas treinadores portugueses, estamos a falar de dois mil euros no mínimo e isto num valor muito por baixo. Caso convidemos técnicos estrangeiros, é claro que o valor sobe face aos gastos com viagens, hotéis, etc.

 

AAA - Sendo em Abril, meu caro Acácio Paulo, terão lugar onde?

AP - Habitualmente, realizam-se no Centro Cultural e de Congresso de Aveiro, mas também já foram na Casa da Juventude, também em Aveiro. Já agora, gostaria de acrescentar que a própria organização do nosso Meeting Jovem, em Junho, está, em grande parte, dependente da atribuição de um subsídio por parte da Câmara Municipal de Aveiro.

 

AAA - Voltando ao interior da Associação, quantos sócios tem?

AP - Pagantes, serão à volta de 50.

 

AAA - E a quota? Qual é o valor?

 

AP - Foi aprovada, ainda recentemente, uma diminuição do valor para os 15 euros por ano. Isto porquê? Para incentivar a adesão dos nossos técnicos a filiarem-se na Associação de Treinadores de Atletismo de Aveiro.

AAA - Há uma questão que deve ser feita a quem de direito, neste caso concreto ao próprio líder dos técnicos: que imagem têm os treinadores aveirenses de atletismo a nível nacional?

 

AP - De uma maneira geral, estão bem conceituados com bons resultados que vão tendo. É claro que a falta de um clube de referência, como Sporting, Benfica ou Porto, ainda que este último não tenha atletismo, retira alguma visibilidade dos nossos técnicos no panorama nacional. Ainda assim, permito-me dizer que na formação, junto dos nossos jovens atletas, os bons resultados, com muitos títulos conquistados, mostram bem a competência dos treinadores aveirenses.

 

AAA - Acácio Paulo, agradeço-lhe a disponibilidade e envio-lhe um abraço.

 

AP - Obrigado e um abraço, também.

Apoios

© 2020 Associação de Atletismo de Aveiro
by INOVAnet